• Agência Lume

Destaque da Comunidade: Biblioteca Comunitária Wagner Vinício


Fachada da Biblioteca Wagner Vinício / Foto: Eduardo Ribeiro - Agência Lume.

Inaugurada em 2004, a Biblioteca empresta livros para moradores de Rio das Pedras. Ainda desconhecida por parte da comunidade, o local conta com 960 cadastros.

Por: Eduardo Ribeiro e Rô Tavares.

 

Localizada na Rua Nova (Estrada Variante de Jacarepaguá), n°5411 em Rio das Pedras, a Biblioteca Comunitária Wagner Vinício funciona há 17 anos. O local foi criado a partir da demanda e interesse dos moradores locais, para que crianças e jovens da comunidade pudessem ter um espaço para ocupar o tempo quando não estivessem na escola.

 

Continua depois da publicidade



O ambiente cedido pela Secretaria Municipal de Habitação (SMH) é acessível e acolhedor para todos os públicos, além disso são oferecidas atividades como: mediação de leitura, sarau, roda de leitura temática e biblioteca itinerante (leitura ao ar livre). Devido a pandemia ocasionada pelo coronavírus, as atividades promovidas no espaço estão suspensas, e o local está aberto apenas para empréstimos de livros.


O nome da biblioteca se deu através de uma votação junto a comunidade que acabaram escolhendo o nome Wagner Vinício para prestar homenagem a um dos primeiros doadores de livros no início da biblioteca, que infelizmente acabou falecendo em um acidente automobilístico, então honrando sua memória a instituição foi batizada com seu nome.


A biblioteca conta com um acervo de aproximadamente 7 mil livros, separados em literatura infantil, literatura para adultos, literatura brasileira e estrangeira, poesias, mangás, dentre outros.


A catalogação é feita por cores, para facilitar a busca da obra desejada. O espaço é focado na organização e na otimização para trazer autonomia e conforto, de maneira que os moradores possam acessar e escolher os livros para empréstimo.

 

Continua depois da publicidade



Carlos Honorato, pedagogo de 32 anos, é morador da comunidade e desde a sua infância sempre esteve envolvido em atividades voltadas para a educação. Começou em 2004 como monitor da biblioteca, atualmente é mediador de leitura e também faz parte da gestão compartilhada do espaço junto a Luzia De Seta e Simone de Paula, que contam com a colaboração de dois frequentadores assíduos da biblioteca, que hoje em dia fazem parte da equipe como monitores, Juliana Moreira, de 18 anos e Pedro Henrique Souza, de 14 anos.

“Eu tenho um espaço de leitura, se os moradores não acessam não tem o porquê existir. É uma demanda da comunidade ter esse espaço, é uma demanda dos moradores aqui do entorno, que a biblioteca funcione, que fique aberta, que as crianças venham, peguem livros, que elas possam ser auxiliadas quando precisam de ajuda nos trabalhos da escola,” diz, Carlos Honorato.

Carlos Honorato, na sala principal da Biblioteca. / Foto: Eduardo Ribeiro - Agência Lume.

Segundo Carlos, os próprios moradores devem gerir o local que utilizam, ele também comenta sobre a importância das pessoas que estão sempre colaborando com a Biblioteca Comunitária Wagner Vinício, para que o projeto possa continuar. Esses apoiadores ajudam a pagar a conta de luz e a internet do espaço:

“A gente chama essas pessoas de amigos da biblioteca, e agradecemos muito, porque elas que ajudam também. Dizemos que a equipe somos nós cinco, mas por trás, tem esses colaboradores que ajudam bastante para que isso aqui na prática possa estar acontecendo, caso contrário não estaria.”

A Biblioteca Comunitária Wagner Vinício, tem um papel fundamental para as crianças e adolescentes de Rio das Pedras, e nasceu da tentativa de amenizar a ausência de políticas públicas dentro das favelas.

 

Continua depois da publicidade



A partir da iniciativa dos próprios moradores é possível que exista esse tipo de espaço, para o aprendizado e o conhecimento. Atualmente, a biblioteca conta com 960 pessoas cadastradas, no ano de 2019, foram emprestados cerca de 2 mil livros, no ano de 2020, por conta da covid-19 esse número caiu 500 livros. Mas a equipe de voluntários da biblioteca ainda tem confiança e espera que logo todos sejam vacinados para reabrir as portas do espaço que promove cultura e lazer para a comunidade.


Carlos, espera formar leitores críticos e mais humanos:

“A gente acredita que a literatura é um instrumento de transformação social, de transformação cultural, é um instrumento de emancipação, de libertação, de reflexão,” acrescenta Carlos Honorato.
Sala de entrada da biblioteca Wagner Vinício. / Foto: Eduardo Ribeiro - Agência Lume.

A Biblioteca Comunitária Wagner Vinício está aberta a receber os moradores de Rio das Pedras de forma totalmente gratuita. Para fazer empréstimos de livros basta fazer o cadastro com nome, endereço e número de telefone.


A Biblioteca Comunitária Wagner Vinício fica localizada na Estrada Variante de Jacarepaguá, n°5411, quadra um, casa n°55. O local tem funcionado às segundas, terças, quintas e sextas com horário reduzido, de 14:00 às 17:00 e aos sábados das 10:00 às 12:00. A biblioteca aceita doações de livros literários basta entrar em contato pelo e mail: bibliotecacomunitariawv@gmail.com

 






Conteúdo Publicitário