• Lucas Pereira

Trabalhadores da Educação voltam a ser vacinados no Rio


Prefeitura antecipa calendário da educação. / Foto: Ricardo Cassiano/Prefeitura do Rio

A informação foi dada na coletiva do 20º boletim epidemiológico, nesta sexta-feira (21/05).

 

A Prefeitura do Rio anunciou que a vacinação dos trabalhadores da educação das redes pública e privada será retomada na próxima segunda-feira (24). A informação foi dada na coletiva do 20º boletim epidemiológico, que sempre acontece no Centro de Operações Rio (COR).


No novo cronograma, os profissionais do grupo com 49 anos ou mais serão vacinados na segunda-feira. Na terça-feira, dia 25, pessoas de 48 anos ou mais poderão receber a primeira dose. Na quarta, pessoas com 47 anos ou mais e assim por diante.

Continua depois da publicidade

 

Para ser vacinado, o profissional de educação precisa levar um contracheque que comprove o vínculo de trabalho com a instituição de ensino. Caso não seja possível, é necessário apresentar uma declaração do diretor dessa instituição. Confira o novo calendário dos trabalhadores da educação:


  • 24 de maio: mulheres e homens com 49 anos ou mais

  • 25 de maio: mulheres e homens com 48 anos ou mais

  • 26 de maio: mulheres e homens com 47 anos ou mais

  • 27 de maio: mulheres e homens com 46 anos ou mais

  • 28 de maio: mulheres e homens com 45 anos ou mais


Também passam a receber a imunização as pessoas em situação de rua, pessoas privadas de liberdade e funcionários do Sistema de Privação de Liberdade. Com essa modificação na campanha de vacinação, a Prefeitura consegue incluir os 20 grupos indicados na fase atual do Programa Nacional de Imunização (PNI).


A secretária municipal dos Assistência Social, Laura Carneiro, afirmou que a população carcerária e os funcionários do Sistema de Privação de Liberdade receberão a primeira dose seguindo o critério de idade. Já os moradores em situação de rua serão imunizados em abrigos e em escritórios de rua. "Todos os idosos instalados nesses abrigos já foram vacinados na primeira fase do PNI. Agora, começa a vacinação de outras idades", afirmou a secretária.


Continua depois da publicidade

 

  • Novas regras

No boletim epidemiológico de hoje, a Prefeitura divulgou que a média móvel de casos e óbitos continua em queda, mas a avaliação de risco de contágio continua em nível "Alto" em todas as regiões administrativas da cidade. A escala varia entre Moderado, Alto e Muito Alto. Veja agora as regras que valem para essa semana.


Estão proibidos:

  • Entrada de veículos de fretamento no município

  • Funcionamento de boates, danceterias e salões de dança

  • Festas com vendas de ingressos

  • Rodas de samba

  • Formação de filas de espera em estabelecimentos comercias e culturais

Condições de funcionamento para bares, restaurantes e quiosques:

  • Consumo permitido apenas para clientes sentados

  • Distanciamento mínimo de 2 metros entre conjuntos de mesas e cadeiras

  • Grupos de 8 pessoas por mesa

  • Música ao vivo até 23h

Atividades físicas:

  • Aulas em grupos, com ocupação limitada a um indivíduo a cada 4m²

Casas de espetáculos e atividades de lazer:

  • Estão liberados museus, bibliotecas, cinemas, teatros, casas de festas, salões de jogos, circos, recreações infantis, parques de diversões temáticos e aquáticos, pistas de patinação, entretenimento, visitações turísticas, aquários, jardim zoológico, apresentações, exposições, drive-in e congressos.

  • O público deverá manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os participantes

  • A capacidade de lotação máxima somente com público sentado é de 40% em locais fechados e 60% em locais abertos

O total de casos na cidade em 2021 é de 107.554 e o total de óbitos chega a 7.217. O número de doses de vacina aplicadas é de 2.777.177 cariocas.

 






Conteúdo Publicitário