• Lucas Pereira

Prefeitura realiza debate sobre revisão do Plano Diretor


Foto: Prefeitura do Rio de Janeiro

Audiência pública que aconteceu ontem (17/06) discutiu mudanças em regiões como Barra e Jacarepaguá.

 

Através da Secretaria de Planejamento Urbano, a Prefeitura do Rio realizou na última quinta-feira (17/06) a penúltima audiência pública sobre o processo de revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável do município. O encontro focou na Área de Planejamento 4 - AP4, que reúne bairros como Anil, Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Vargens e outros.


A reunião aconteceu no auditório da Fundação Cidade das Artes, contando também com participação online por meio do aplicativo Zoom e transmissão ao vivo pelo Youtube. Estiveram presentes autoridades locais, representantes da sociedade civil organizada e técnicos municipais, além da população em geral.

 

Continua depois da publicidade

 

Foram discutidas propostas de zoneamento apresentadas pelo Executivo e grandes desafios da AP4 foram levantados, como crescimento de construções irregulares, a preservação de áreas ambientais e transporte público.


Segundo a subprefeita de Jacarepaguá, Thalita Galhardo, é fundamental que a população participe do planejamento da cidade. Já Raphael Lima, subprefeito da Barra da Tijuca, ressaltou a importância do trabalho da Secretaria de Planejamento Urbano e disse que a criação da pasta possibilitou que assuntos como esse pudessem ocorrer.


Para o morador do Anil, Sidney Teixeira, voluntário do Movimento Revive Jacarepaguá, questionou as propostas de solução do Plano Diretor quanto a capacidade de frear o crescimento desordenado em áreas de preservação ambiental. Segundo Sidney, parte do Maciço da Tijuca que possui vertente ligada a parte plana de Jacarepaguá, sofre muito com o avanço de construções irregulares.


O secretário municipal de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, afirmou que é preocupação de toda a equipe técnica, dar parâmetros que promovam proteção e que respeitem as características das áreas. – De uma maneira geral, esse é o grande desafio para a AP.4, que já tem sido buscada e que a gente espera que aconteça, a partir desse Plano Diretor, que a gente possa trazer regramentos que fortaleçam os sistemas ambientais da área. Por outro lado, se a gente deseja e pretende coibir esse crescimento irregular, a gente também quer ofertar soluções habitacionais.


O secretário municipal de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, também disse que é preocupação de toda a equipe técnica, dar parâmetros que promovam proteção e que respeitem as características das áreas.


Fajardo disse também que esse é um grande desafio para a AP4 e que a partir da elaboração desse Plano Diretor, os regramentos dos sistemas ambientais da área sejam fortalecidos. O secretário pontuou também que pretende coibir o crescimento irregular e que para isso, vão ofertar soluções habitacionais.


Fonte: https://prefeitura.rio/

 

Conteúdo Publicitário