• Agência Lume

Ciclistas da Freguesia organizam pedalada para celebrar dia mundial sem carro



Data é celebrada desde 1997.


Por: Fernanda Calé e Rafael Rodrigues.

 

Hoje, dia 22, é celebrado o dia mundial sem carro, uma data importante para a defesa do meio ambiente. Adotada em diversos países, a data foi criada, na França, em 1997 com o objetivo de gerar reflexão sobre o uso excessivo do carro e realizar algumas ações a favor do meio ambiente.

 

Continua depois da publicidade


 

Com o agravamento do aquecimento global e da poluição causada pelos gases expelidos pelos automóveis, a data é lembrada como uma ação para ajudar o meio ambiente, além de dar visibilidade as causas ambientais. A data incentiva o uso de meios de transporte alternativo, como bicicletas, skates e os meios de transporte coletivo, como ônibus e metrô.


Além de incentivar a mudança dos veículos utilizados, os movimentos buscam uma melhor infraestrutura para quem optar pelos meios de transporte alternativos, como mais ciclovias pela cidade e bicicletários.


Pedindo a atenção das autoridades responsáveis pelas ciclovias do bairro, a Associação de Moradores e Amigos da Freguesia, organiza junto com grupos de ciclistas locais, uma pedalada em defesa das ciclovias presentes no bairro, que necessitam de uma melhor manutenção. Outro pedido dos ciclistas é a expansão da malha ciclo viária na região. A pedalada terá início às 20h, na Praça Professora Camisão e os ciclistas irão fazer um percurso de dois quilômetros pela região.



A Agencia Lume entrou em contato com a Subprefeitura de Jacarepaguá questionando sobre o que está sendo discutido e se alguma das medidas estão sendo vistas pelo governo. A subprefeitura respondeu afirmando que a expansão das ciclovias está nos planos mas que os trechos e vias que irão receber esses futuros projetos ainda não foram definidos.


Nesta quarta-feira (22/09) a Prefeitura publicou no Diário Oficial do município o decreto nº45.781 do prefeito Eduardo Paes que institui o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável do Município do Rio de Janeiro.


O novo decreto considera um decreto anterior de nº48.940 de 4 de junho de 2021 que institui o Plano de Desenvolvimento Sustentável e Ação Climática da Cidade do Rio de Janeiro. Este decreto estabelece como aspiração para o tema transversal longevidade e bem-estar.


Ainda segundo o novo decreto existe a necessidade de ampliação da oferta de infraestrutura cicloviária que inclui ciclovias, ciclofaixas, faixas compartilhadas e estacionamento de bicicletas, para promover a conectividade segura aos centros de bairros, aos grandes equipamentos urbanos e estações de Rede Estrutural de Transportes.

 

Continua depois da publicidade


 

A publicação traz um planejamento para a expansão da rede de mobilidade por bicicleta existente na cidade. O plano cicloviário tem agora um prazo de 360 dias para sua conclusão. No que se refere as regiões da Freguesia e Anil, o projeto prevê a criação de uma ciclovia que deve se iniciar na Estrada de Jacarepaguá, na altura da interseção com a Avenida Arquiteto Afonso da Silveira Filho, no Jardim Clarice, e se estende pela mesma até seu final, na conversão com a Avenida Geremário Dantas.


Após este trajeto, o trecho segue por toda a extensão da Avenida Geremário Dantas, até a conversão com a Rua Cândido Benício, onde haverá interligação com outros trechos. Veja como deve ser o caminho:


Simulação feita com base nos dados fornecidos. / Imagem: Google Maps.

Algumas das vias principais da região não estão no novo planejamento, dentre elas a Avenida Engenheiro Souza Filho em Rio das Pedras e diversas vias do bairro do Anil e Freguesia.

 





Conteúdo Publicitário