• Gabrielle Teles

Voluntários transformam o Natal de famílias em Rio das Pedras


Conheça um grupo de jovens em Rio das Pedras, que arrecadou mais de meia tonelada de alimentos. E a ONG Corrente do bem, que junto com o projeto Semeando Amor, organizou um Natal especial para as crianças da comunidade.

 
“Todo final de ano a gente se junta para ajudar quem precisa. Não somos cheios de dinheiro, mas somos gratos pelo o que temos. E, se temos, por que não ajudar?”.

O depoimento é de Chitão Sousa, um dos jovens que integram o grupo “Futebol Beneficente dos crias”. Moradores de Rio das Pedras que se conheceram brincando na Praça da Associação, eles se reúnem anualmente para arrecadar e doar alimentos para as famílias da Areinha, uma localidade da favela.


No dia 13 de dezembro deste ano, cerca de 20 jovens do coletivo participaram da ação. Em menos de um mês de campanha, mais de meio tonelada de mantimentos foram recolhidas. O resultado foi satisfatório, apesar das complicações que aconteceram ao longo de 2020.

“Esse ano não foi fácil pra ninguém. Quase não iria rolar a entrega pelo motivo de muitos terem perdido o emprego”, explica Chitão.

Outra iniciativa também transformou o Natal de 77 crianças da comunidade. No último dia 12, a ONG Corrente do Bem, em parceria com o projeto Semeando Amor, distribuiu kit lanchinhos (com cachorro quente, bolinhos e guaraná natural – tudo que a criançada gosta) e kit presentes, nos quais, através do apadrinhamento (quando um voluntário se dispõe a ajudar o afilhado), reuniram roupinhas, sapatos, livros e brinquedos.


A presença mais querida dessa época do ano não poderia ficar de fora. O Papai Noel recebeu o carinho das crianças que, dentre outras atividades, também escreveram quais são


os desejos para 2021.


"Foi um energia muito gostosa. Deu um pouquinho de trabalho, mas fluiu e foi tudo lindo", relata Rafaela Bittencourt, que faz parte da ONG.

Essa não é a primeira vez que o Corrente do Bem auxilia os moradores da comunidade. Antes da pandemia do coronavírus, a organização realizava o Clubinho da Leitura, na sede do Semeando Amor, localizada em Rio das Pedras. A atividade, com o acompanhamento de uma pedagoga, também trazia palestras sobre diversos assuntos para as crianças. Com a chegada do vírus, o projeto precisou ser suspenso.


Já durante a quarentena, a ONG arrecadou cerca de 5 toneladas de alimentos distribuídas em algumas localidades, inclusive em Rio das Pedras. Clique aqui para saber como colaborar com o grupo em outras ações.

 



Conteúdo Publicitário