• Agência Lume

Lume nas Eleições: Veja quem recebeu os votos de Rio das Pedras no primeiro turno


Manhã de votação em uma escola do bairro do Anil. / Foto: Agência Lume.

Dados disponibilizados pelo TSE mostram quem venceu nas seções da comunidade e em duas escolas próximas a região.


Por: Douglas Teixeira, Fernanda Calé e Wellington Melo.

 

No último domingo os eleitores do Rio de Janeiro foram às urnas para definir quem governará a cidade pelos próximos quatro anos. Não diferente do resto da cidade, os moradores de Rio das Pedras também estiveram presentes nos oito locais de votação da comunidade, e em duas escolas próximas a Rio das Pedras que ficam no bairro do Anil.


Segundo o TRE, Tribunal Regional Eleitoral, só nos dez locais de votação analisados pela Agência Lume, 44.741 eleitores estavam aptos a votar no primeiro turno das eleições deste ano.


Entretanto nem todos os eleitores aptos a votar estiveram em seus locais de votação no último domingo. E o que acabou surpreendendo neste ano atípico foi o número de eleitores faltosos. Nas 10 escolas avaliadas pela Agência Lume, 13.758 eleitores faltaram.


Era de se imaginar que esse número crescesse, já que estamos no meio de uma pandemia, e apesar das medidas de segurança adotadas pelo TSE, Tribunal Superior Eleitoral, neste ano, muitas pessoas não se sentiram seguras o suficiente para saírem de suas casas.


Mas entre os eleitores que decidiram ir votar no domingo, outro fator surpreendeu, o número de abstenções. No caso da disputa pela prefeitura, o número de eleitores que votaram branco ou anularam seu voto foi maior do que a quantidade de votos do segundo candidato mais bem colocado na região.


Marcelo Crivella do Republicanos, obteve um total de 4.920 votos válidos, enquanto o número de votos brancos e nulos somados resultou em 6.196 ( 2.834 votos brancos e 3.362 votos nulos). Se somarmos o total de eleitores faltosos com o número de brancos e nulos, chegaremos ao expressivo número de 19.954 eleitores que preferiram não opinar sobre o futuro prefeito da cidade, ou não puderam dar sua opinião, no caso dos faltosos por motivos da saúde.


Ainda na disputa pela prefeitura, nas escolas de Rio das Pedras e em duas escolas do Anil analisadas pela Lume (Veja a lista completa no fim da reportagem) o candidato mais votado foi Eduardo Paes do Democratas. Paes obteve um total de 9.964 votos, e venceu em todas as 10 escolas analisadas. O segundo lugar ficou com Marcelo Crivella do Republicanos, o candidato teve um total de 4.920 votos, e ocupou a segunda colocação em 9 dos 10 locais de votação analisados, tendo ocupado a terceira colocação em apenas um local, a Escola Municipal Rio das Pedras.


Na disputa pelo terceiro lugar, Benedita da Silva do PT e Martha Rocha do PDT se alternaram na colocação. A candidata do PT esteve em terceiro lugar em 7 das 10 escolas analisadas, e teve uma votação total de 3.497 votos. Já Martha Rocha esteve no terceiro lugar em 2 locais de votação dos 10 analisados e obteve 2.347 votos. Marcelo Crivella do Republicanos ocupou a terceira colocação em apenas 1 escola.


Henrique Simonard do PCO foi o candidato menos votado na região, Simornard obteve apenas 4 votos em toda a região.


Veja abaixo o gráfico que mostra o desempenho de todos candidatos na região:

  • Vereadores:

A Agência Lume também analisou o número de votos para vereadores na nossa região, mais uma vez o que impressiona é o número de votos brancos e nulos, que chegaram a um total de 6.054 ( 3.122 votos em branco e 2.932 votos nulos). Quando somados ao número de eleitores faltosos, chegamos a um total de 19.812 eleitores que não escolherem um vereador.


Entre os vereadores, destaque para o candidato do Solidariedade, Marcelo Diniz, que obteve um total de 3.459 votos válidos, vencendo em oito das 10 escolas apuradas pela nossa equipe. Diniz perdeu apenas na Escola Municipal Victor Hugo para Marcelo Siciliano do PP, e na Escola Municipal Octavio Frias de Oliveira, onde Tarcísio Mota do PSOL obteve um maior número de votos. Em seguida, vem o Pastor Alexandre, do PSC, que obteve um total de 2.227 votos válidos.


Além dos votos nominais, quando o eleitor digita todos os números do candidato em que deseja votar, existe também a possibilidade de votar na legenda. Isso acontece quando o eleitor não expressa a sua vontade em votar num candidato específico, mas sim num partido, ou seja, ele se manifesta no sentido de que a vaga seja ocupada pelo partido no qual votou, independentemente do candidato da legenda que venha a ocupar o cargo.


Esse tipo de voto existe apenas nas eleições proporcionais (para vereador, deputados estadual, federal e do Distrito Federal). Neste ano 2049 eleitores optaram por esse tipo de voto em nossa região.


Veja a baixo o gráfico que mostra os 5 candidatos mais votados na região:


No levantamento apresentado a Agência Lume analisou os resultados da votação registrados pelo TSE e disponibilizados no site do próprio Tribunal Superior Eleitoral, você pode ter acesso clicando aqui.


No levantamento foram utilizados os dados das seções eleitorais presentes em oito escolas de Rio das Pedras e duas escolas do bairro do Anil, são elas:


  • Rio das Pedras:

Caic Euclides da Cunha.

Ciep Professor Lauro de Oliveira Lima.

Ciep Governador Roberto da Silveira.

Escola Municipal Claudio Besserman Vianna (Bussunda).

Escola Municipal Jorge Amado.

Escola Municipal Adalgisa Monteiro.

Escola Municipal Rio das Pedras.

Escola Municipal Professora Marisa Vargas Menezes.

  • Anil:

Escola Municipal Victor Hugo.

Escola Municipal Octavio Frias De Oliveira.


Critério utilizado para escolha dos locais de votação citados no levantamento:

O critério utilizado para escolha dos locais de votação se baseia nas escolas as quais os moradores de Rio das Pedras votam ou poderiam votar. As escolas Victor Hugo e Octavio Frias não estão localizadas em Rio das Pedras, porém estão geograficamente muito próximas a comunidade, o que faz com que muitos moradores de Rio das Pedras também votem nesses locais.

Esse foi o critério utilizado não só para este levantamento, mas também para a cobertura da Agência Lume nas eleições 2020.

 

Conteúdo Publicitário