• Rô Tavares

Lume nas Eleições: Fred Luz

Atualizado: 16 de nov. de 2020


Veja as principais propostas apresentadas pelo candidato, do Partido NOVO, na entrevista exibida ontem (01/11) pela Agência Lume.

 

Fred Luz, candidato do Partido NOVO a prefeitura do Rio de janeiro, foi o quinto entrevistado pela Agência Lume. O candidato que é formado em engenharia pela PUC-Rio e possui mais de 30 anos de experiência em gestão, tenta pela primeira vez a candidatura como prefeito da cidade. A candidata a vice é Giselle Gomes, servidora pública do INPI, Instituto Nacional da Propriedade Industrial, e mestre e doutora em Biofísica.

As perguntas para Fred Luz foram divididas entre as áreas de educação, mobilidade urbana e saúde, voltadas para a região de Rio das Pedras e adjacências. O candidato do NOVO, defende uma política com mais gestão, tecnologia e tolerância zero para corrupção:


"Eu tenho mais de trinta anos de experiência em gestão. O Rio de Janeiro nunca teve um gestor, o Rio de Janeiro tem tido, infelizmente, são esses políticos de sempre, desses partidos de sempre que mentem muito e quando não roubam deixam roubar. E tá aí a decadência da nossa cidade, em qualquer lugar da cidade, Rio das Pedras, na Rocinha, em Ipanema, na Tijuca, no Leblon, na Pavuna, Bangu, Campo Grande, Santa Cruz, aonde eu vou. A decadência da cidade é constante, estamos perdendo emprego, nós vamos perder no futuro. A gente vem perdendo as empresas por absoluto descaso, a nossa saúde não atende bem aos pacientes, e a solução existe, é só não ter corrupção, é só ter gestão. "
 

Veja as principais questões abordadas por Fred Luz durante a conversa:


  • Educação: Eu vejo muito papo, muita proposta e o que é básico não é feito.

Quando perguntando sobre o investimento na educação para as escolas que já existem na região e sobre uma escola abandonada em que as obras foram interrompidas em uma antiga gestão, Fred Luz comentou sobre a manutenção e melhoria nas instalações dessas escolas:


"No Rio de Janeiro 73% de todas as escolas estão precisando de manutenção e melhoria das suas instalações. Também estou informado que aí nessa região tem muita dificuldade de colocar as crianças nas escolas porque não tem vagas suficientes. Então, provavelmente essa escola aí que tá inacabada, ela vai precisar ser acabada. Dito isso, o que que nós pretendemos na educação, no ensino fundamental, que é responsabilidade da prefeitura, que a criança aprenda, as nossas crianças não estão aprendendo nas nossas escolas, infelizmente."
  • Mobilidade Urbana: Incentivar muito as ciclovias.

Perguntado sobre os transportes alternativos para região, Fred Luz comentou sobre a importância de ter ciclovias nas áreas mais carentes da cidade:


"Eu entendo que as cidades cada vez mais devam privilegiar transportes públicos, além do transporte de massa, os transportes, que sejam de bicicleta e que sejam a pé também, né? Criar condições para as pessoas andarem, para elas viverem perto dos locais onde elas trabalham, com acessos muito mais organizados e regulares. Então, nós vamos incentivar muito as ciclovias, principalmente nas regiões mais carentes, não em lugar onde vivem as pessoas mais ricas da cidade, porque as pessoas carentes poderiam ter uma economia muito grande e uma qualidade de vida melhor se tivessem ciclovias. Mas precisa ter um planejamento, além da ciclovia, precisa ter um estacionamento de bicicletas, para as bicicletas serem colocadas em segurança, mas com certeza melhoraria muito a qualidade de vida das pessoas."
  • Saúde: O maior problema da saúde é a corrupção.

Ao falar sobre saúde, perguntamos ao candidato como poderia ser solucionado o problema da demora na para a marcação de consultas e exames nas clinicas das família, e sobre o hospital mais próximo ficar a uma hora e meia de Rio das Pedras. Para Fred Luz, a questão da saúde melhoraria e muito com uma boa gestão e o auxilio da tecnologia, criando um prontuário eletrônico integrado facilitaria os atendimentos nas consultas dos hospitais.


"O maior problema da saúde, a maior doença da saúde, que é o maior problema da cidade do Rio de Janeiro chama-se corrupção, é um descaso que tem sido feito em várias situações. Saúde na nossa avaliação se resolve com gestão, muita tecnologia e tolerância zero com a corrupção. E vou te dar alguns exemplos que poderiam agilizar muito, mesmo com as unidades existentes: prontuário eletrônico integrado, para não exigir que o paciente faça o mesmo exame várias vezes pelo simples fato de não ter registro, isso agilizaria muito o atendimento, porque não precisaria tá repetindo, em certos casos o paciente passando os sintomas dele até por um aplicativo ou quem não tiver o aplicativo por unidade móvel perto de casa. Ele entrando com os sintomas, em muitos casos não teria nem necessidade de ir a lugar nenhum, numa doença ou num sintoma que não fosse grave e que com o histórico dele pudesse ser rapidamente resolvido indicando a medicação pra ele pegar, isso desafogaria as unidades da Clínica da Saúde."
"Olha só, num hospital público, um paciente fica em média doze dias, enquanto no hospital privado, fica em média três dias. Olha a oportunidade de melhoria de atendimento que nós poderíamos ter nos hospitais público, se eles tivessem a mesma eficiência dos hospitais privados. E por que não tem? Porque não tem gestão. Basicamente isso, não tem organização. Saúde precisa, de gestão, tecnologia e tolerância zero para corrupção."

Confira abaixo a entrevista completa com o candidato Fred Luz:


Conteúdo Publicitário