• Fernanda Calé

Lume nas Eleições: Eduardo Paes

Atualizado: 16 de nov. de 2020



Veja as principais propostas apresentadas pelo candidato na entrevista exibida ontem (28/10) pela Agência Lume.

 

A cobertura da Agência Lume nas eleições municipais de 2020 teve o seu início na noite de ontem (28/10), com a exibição da primeira entrevista, de uma série de entrevistas feitas com os candidatos a prefeitura do Rio de Janeiro.

Os eleitores puderam assistir a entrevista de Eduardo Paes, candidato do Democratas, que governou a cidade por oito anos, de 2008 a 2016, e agora tenta voltar ao cargo.

Paes foi questionado sobre o que pode ser feito na região de Rio das Pedras e adjacências quando o tema é mobilidade urbana, saúde e educação. O candidato disse conhecer bem a região, e lembrou de sua trajetória no local, quando foi subprefeito da Barra e Jacarepaguá.

Em relação aos alagamentos em Rio das Pedras e Muzema, o ex-prefeito disse que o desafio hoje é muito menor do que quando geriu a cidade pela primeira vez:

"Na Avenida Engenheiro Souza Fillho, você tem um problema ali, que é uma característica da região, principalmente em Rio das Pedras, que é um solo muito mole, então aquela avenida precisa ser estaqueada, virar quase um viaduto para evitar esses problemas. Acontece em trechos também ali na Muzema, mas são problemas muito mais simples de resolver do que os desafios que nós tínhamos na canalização dos rios que nós já fizemos. Então é limpeza, desassoreamento, canalização e resolver esses problemas pontuais, mas o desafio hoje é muito menor do que já foi quando iniciei meu governo."
 

Veja os principais pontos abordados por Eduardo Paes durante a conversa:


  • Educação: 2021, dois anos em 1.

O candidato falou sobre a necessidade de diminuir a diferença de nível escolar entre os alunos da rede municipal e de colégios particulares, e comentou sobre os prejuízos trazidos pela pandemia a educação:

"...não quero culpar aqui ninguém pela Covid-19, mas é óbvio que a prefeitura já devia a essa altura ter apresentado um planejamento de como é que vai compensar esse tempo perdido. Então nós já lançamos no plano de cem dias, a preparação de um plano para fazer do ano que vem dois anos em um, para que essas crianças não sejam prejudicadas. Isso se faz com conectividade - o programa conectados, que a gente vai lançar permitindo o acesso a internet para todas as crianças da rede pública - isso se faz disponibilizando equipamentos, tablet, computador... em fim, aquilo que for necessário e possível numa relação de custo benefício. E buscar fazer com que essas crianças, com reforço escolar, com o programa conectados, possam ter compensado esse ano perdido, não fiquem ainda mais distantes das crianças da rede privada. "
  • Mobilidade Urbana: Colocar para funcionar o que já existe.

Quando perguntado sobre o que pode ser feito para melhorar a mobilidade urbana da região, que faz com que os moradores de Rio das Pedras demorem de 40 minutos a 1 hora para chegar a barra, Eduardo Paes falou sobre a malha de transportes já existente na cidade, e que segundo ele precisa 'voltar a funcionar'. E não descartou explorar o potencial das lagoas da região para o transporte:

"...nós não vamos fazer nenhuma grande intervenção, a gente precisa 'botar' pra funcionar aquela rede existente. Mais especificamente pra Rio das Pedras, Muzema, outras áreas dessa região, você pode usar o transporte lagunar formal. A prefeitura pode regulamentar isso, por exemplo conectando com a estação do Jardim oceânico ali do metrô. Então tem maneiras, óbvio, melhorar o número de ônibus, em fim, qualificar o STPL (Serviço de Transporte Público Local) de Rio das Pedras, fazer ligação marítima... quer dizer, tem um conjunto de alternativas que podem nos fazer superar isso, esse desafio. Tem um sonho aí do pessoal de Rio das Pedras, Muzema, em fim, Itanhangá, que é aquela ligação numa ponte que ligaria direto ali atrás do Dontown, mas isso seria um investimento excessivamente alto, impossível de se comprometer nesse momento. Acho que o ideal é investir em transporte público de mais qualidade para a região."
  • Saúde: A vacina já existe! É uma questão de tempo, mas ela vai chegar.

Segundo Eduardo Paes a vacina contra a Covid-19 já existe, e a prefeitura precisa nesse momento começar a se preparar para vacinar a população assim que a vacina chegar a cidade. Enquanto a vacina não chega, o candidato falou sobre a necessidade de se seguir as recomendações das autoridades:

"A vacina já existe, é uma questão de tempo a hora que ela vai chegar, mas ela vai chegar. E a gente tem é que tratar de preparar a nossa rede de atenção básica, preparar as clínicas da família, para esse programa de vacinação."
"Até lá é seguir dentro de critérios de razoabilidades as recomendações das autoridades, usar máscara, evitar aglomeração, em fim, a gente sabe que não dá pra pedir pras pessoas aquilo que elas não vão fazer. O governo não pode pedir pras pessoas aquilo que a gente sabe que elas não vão fazer, o governo não pode fingir que tá exigindo uma coisa, e a população fingir que tá cumprindo. A gente tem que trabalhar em bases razoáveis, em fim trabalhar o mais rápido possível para ter uma vacinação organizada."

Abaixo você pode assistir a entrevista completa com o candidato:

 

Conteúdo Publicitário