• Fernanda Calé

Homem é linchado por populares em Rio das Pedras após suspeita de estupro de criança


Na imagem podemos ver parte da parede de uma casa e uma placa azul como os dizeres "R. Pêras", que fazem referência ao nome da rua onde o crime aconteceu.
Foto: Agência Lume.

Crime aconteceu nesta quinta-feira (03), na região da Areinha.

Matéria atualizada em 04/11 - às 11h45.

 

Um homem foi linchado em Rio das Pedras na noite desta quinta-feira (03), segundo moradores, o que teria motivado o espancamento foi um possível estupro cometido pelo homem, contra uma criança.

 


 

Moradores informaram à Agência Lume, que populares espancaram o suspeito por volta das 18h30 da noite. O Corpo de Bombeiros informou a Lume, que militares do Quartel de Jacarepaguá foram acionados às 19h18, para atender uma ocorrência de agressão na Rua das Pêras, que fica localizada na região da Areinha, comunidade de Rio das Pedras.


Segundo o Corpo de Bombeiros, um homem, ainda não identificado, de mais ou menos 50 anos, foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge na Barra da Tijuca. A Agência Lume entrou em contato com a Polícia Militar, mas não teve resposta até o momento.


Atualização - 04/11 - 11h45

Segundo a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar, na noite de quinta-feira (03/11), policiais militares do 18ºBPM (Jacarepaguá) foram acionados para verificar ocorrência em Rio das Pedras.


No local, a equipe policial colheu informações preliminares de que um indivíduo teria sido agredido por outras pessoas. Não houve detidos relacionados a este fato. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também havia sido acionado e socorreu o homem ao Hospital Municipal Lourenço Jorge.


Segundo a PM, a ocorrência encaminhada para a Delegacia de Homicídios da Capital.


Atualização - 04/11 - 18h13

Segundo a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte do homem agredido nesta quinta-feira. A perícia foi realizada no local e diligências estão em andamento para esclarecer o caso.





Conteúdo Publicitário