top of page
  • Foto do escritorFernanda Calé

Dano na rede elétrica faz Cedae reduzir produção de água da ETA Guandu

Na imagem podemos ver o movimento da água

O abastecimento em Jacarepaguá e em algumas regiões do Rio de Janeiro será impactado. Saiba mais:

 

A Cedae informou que a Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu, em Nova Iguaçu, opera com 36% da sua capacidade máxima durante esta tarde (30/01).

 
 

Segundo a concessionária, após identificar um dano na rede elétrica que atende a elevatória de água bruta, técnicos da Cedae fizeram o remanejamento do sistema para a rede elétrica reserva, o que possibilitou a retomada gradual da produção de água na unidade.


A Cedae disse ainda que a operação na ETA será restabelecida em 100% até o fim do dia de hoje.


Segundo a Iguá, concessionária que abastece a região de Jacarepaguá, após a recuperação do fornecimento, a previsão é que o abastecimento nos bairros atendidos pela concessionária seja normalizado em 72 horas.


No entanto, algumas regiões, especialmente aquelas consideradas pontas de rede, podem apresentar um prazo de retorno prolongado.


A Iguá reforçou a necessidade de consumo consciente nesse período e informou que priorizará o abastecimento de serviços emergenciais como hospitais, clínicas e UPAs por meio de caminhões pipa.


Os clientes podem entrar em contato por meio da Central de Atendimento no número 0800 400 0509 (telefone e WhatsApp).


Bairros atendidos pela Iguá no Rio de Janeiro: Anil, Barra da Tijuca, Camorim, Cidade de Deus, Curicica, Freguesia (Jacarepaguá), Gardênia Azul, Grumari, Itanhangá, Jacarepaguá, Joá, Pechincha, Recreio dos Bandeirantes, Tanque, Taquara, Vargem Grande, Vargem Pequena e Praça Seca (parcialmente).

Kommentare


Conteúdo Publicitário

bottom of page