top of page
  • Foto do escritorFernanda Calé

Chuvas afetam produção de água na ETA Guandu


Na imagem temos uma visão aérea da Estação de Tratamento de Água do Guandu.
Foto: Governo do Estado do Rio de Janeiro.

A operação foi reduzida para 75% da capacidade, medida pode afetar abastecimento de água.

 

Fortes chuvas nas últimas 24 horas que atingiram a região da Bacia Hidrográfica do Guandu, causaram alterações na água captada pela Cedae para tratamento na Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu. Redução ainda impacta abastecimento nesta segunda-feira (13).

 
 

Segundo a Cedae, para garantir a qualidade da água produzida, a operação da ETA precisou ser reduzida para 75% da capacidade na madrugada de domingo (12/3).


A Iguá, concessionária responsável pelo abastecimento de água na região de Jacarepaguá, informou que a medida adotada pela Cedae ainda está impactando o abastecimento nesta segunda-feira (13), e a recomendação para o uso consciente da água continua.


Ainda segundo a Iguá, o restabelecimento do abastecimento na área de concessão da empresa depende da normalização da ETA Guandu e do tempo de pressurização da rede. Até que a operação seja totalmente retomada, o abastecimento pode registrar intercorrências, incluindo baixa pressão e falta d’água.


Ainda segundo a empresa, caminhões-pipa estão sendo disponibilizados, especialmente para serviços emergenciais como hospitais, clínicas e UPAs, entre outros. A Central de Atendimento no número 0800 400 0509 (telefone e WhatsApp), foi disponibilizada para que os clientes possam entrar em contato.


Veja os bairros atendidos pela Iguá no Rio de Janeiro: Barra da Tijuca, Camorim, Cidade de Deus, Curicica, Freguesia (Jacarepaguá), Gardênia Azul, Anil, Grumari, Itanhangá, Jacarepaguá, Joá, Pechincha, Recreio dos Bandeirantes, Tanque, Taquara, Vargem Grande, Vargem Pequena e Praça Seca (parcialmente).

Comments


Conteúdo Publicitário

bottom of page