• Agência Lume

Problema em rede de esgoto na Rua Sobral já afeta outras ruas

Atualizado: 25 de out. de 2021


Foto: Wellington Melo.

Localidades próximas como a Vila Lídia e Vila Alonso estão completamente alagadas.

Por: Fernanda Calé e Rafael Rodrigues.

 

Um problema na rede de esgoto em Rio das Pedras tem dificultado a vida de moradores e comerciantes da região. Recentemente noticiamos sobre um problema de alagamento crônico localizado na Rua Sobral. Após a publicação da matéria diversas denuncias sobre alagamentos em ruas próximas na mesma região chegaram a Lume.

 

Continua depois da publicidade



 

Locais que não tinham alagamentos com tanta frequência, agora estão vivendo com esgoto a céu aberto constantemente, numa situação muito parecida com o que era visto na Rua do Amparo antes das obras.


Comerciantes da Vila Alonso e da Vila Lídia, que ficam próximas a Rua do Amparo e a Rua Sobral, dizem que em dias chuvosos a água de esgoto sobe a calçada, impedindo que abram suas lojas. O problema já vem afetando a circulação de pessoas na região e trazendo prejuízos para quem trabalha ou vive no local.


Veja como está a situação no local:

 

Continua depois da publicidade


 


Questionamos a Cedae sobe o caso, a companhia respondeu dizendo que um reparo está previsto para a primeira semana de novembro e que o problema está ocorrendo pois um imóvel foi construído em cima da tubulação original, na qual terão que realizar a instalação de uma tubulação alternativa. E que a peça que está em fabricação e a tubulação que será desviada fazem parte do mesmo sistema que atende a Rua Sobral.


A Cedae também disse que a desobstrução das galerias de águas pluviais, fundamental para o escoamento da água empoçada, não é atribuição da Companhia.


Também entramos em contato com a Prefeitura, para entender o que pode ser feito, a Secretaria Municipal de Conservação respondeu dizendo que vai mandar uma equipe de vistoria na semana que vem e programar os serviços necessários. A Secretaria disse também que a responsabilidade é da Cedae e que unirá esforços com o órgão para solucionar o problema.


A Agência Lume vai continuar acompanhando o caso, as reclamações são muitas e até o fechamento desta matéria moradores entraram em contato para denunciar alagamentos na Vila São Jorge e na Vila Pitanga, todas próximas a região.

 



Conteúdo Publicitário