top of page
  • Foto do escritorFernanda Calé

Operação de ordenamento causa confusão na Freguesia


Na imagem podemos ver agentes do município recolhendo mercadorias irregulares em uma calçada.
Foto: Divulgação Seop / Prefeitura do Rio.

Segundo a Secretaria de Ordem Pública os agentes foram ameaçados por ambulantes ilegais.

 

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e a Subprefeitura de Jacarepaguá seguem realizando operações de ordenamento urbano contra o comércio irregular nas principais vias do bairro da Freguesia.

 
 

Segundo a Seop, nesta quarta-feira (04) uma confusão se iniciou após ambulantes resistirem à apreensão de suas mercadorias, agentes foram atacados e a situação saiu do controle.


Segundo pessoas que presenciaram a cena, e vídeos que circulam nas redes sociais, houve muita discussão entre ambulantes e agentes do município. Algumas pessoas chegaram a atacar uma viatura do município com pedaços de pau, e um funcionário da prefeitura teria efetuado um disparo de arma de fogo.


Segundo a Seop, as equipes tiveram que fazer uso diferenciado da força para sair do local. A Secretaria informou ainda que o agente que teria feito o disparo foi encaminhado pela própria Seop para a 41ª DP para prestar esclarecimentos, e que as imagens das ações já estão sendo analisadas pela corregedoria do órgão e os envolvidos serão convocados a prestar os esclarecimentos.


A subprefeita de Jacarepaguá, Marli Peçanha informou que as operações de ordenamento vão continuar sendo realizadas na região, e destacou que não irá permitir irregularidades e abusos em Jacarepaguá.


Marli Peçanha disse ainda que vai devolver as calçadas aos pedestres, e acabar com a desordem que no bairro. E reafirmou que todos têm direitos iguais.


As operações se iniciaram no fim de setembro após moradores criticarem a falta de espaço nas calçadas do bairro. Desde então os ânimos estão exaltados, na última sexta-feira (29/09) um homem foi encaminhado a delegacia após atirar uma pedra em uma viatura da Subprefeitura de Jacarepaguá.


A Agência Lume vai continuar acompanhando o caso.

Comentários


Conteúdo Publicitário

bottom of page