top of page
  • Foto do escritorPhilippe Vaccihi

Mapa de redes subterrâneas de drenagem do Rio está disponível online


Na imagem, podemos ver um mapa da rede subterrânea de drenagem da cidade do Rio de Janeiro
Foto: Divulgação Prefeitura do Rio

Com o apoio do Instituto Pereira Passos (IPP), o mapeamento das redes se tornou público pelo Portal Data.Rio. Confira:

 

A Fundação Rio-Águas criou um aplicativo para que qualquer pessoa possa ter acesso aos mapas das galerias pluviais da cidade. Agora, com um clique, o cidadão poderá acessar as informações básicas cadastradas naquele local, por meio de um mapa georreferenciado.

 
 

O app “Rede de Drenagem” foi criado no ambiente integrado do Sistema Municipal de Informações Urbanas (Siurb) e é alimentado por técnicos da prefeitura e por concessionárias.


O cadastro das redes já conta com mais de 1.400 km de galerias pluviais cadastradas e está em atualização. O aplicativo pode ser acessado no site Data.Rio.


O presidente da Fundação Rio-Águas, Wanderson Santos, explicou que é a primeira vez que a instituição disponibiliza seu acervo de cadastro de redes de drenagem da cidade para todos por meio de um mapa georreferenciado.


Antes, para acessar essas informações, engenheiros, projetistas, cidadãos e estudantes tinham que ir até a Rio-Águas solicitar a consulta ao arquivo técnico.


A instituição também desenvolveu um segundo aplicativo para baixar arquivos técnicos, como cadastros, estudos e projetos de drenagem da cidade do Rio, que fazem parte do acervo da fundação.


Também por meio do Data.Rio, é possível acessar o aplicativo Sisarq Web, onde todo o arquivo técnico da instituição, que antes os dados só poderiam ser obtidos de forma presencial, está disponível online para consulta e download.


Commentaires


Conteúdo Publicitário

bottom of page