top of page
  • Foto do escritorPhilippe Vaccihi

Carteira de fibromialgia já pode ser solicitada no Rio de Janeiro


Na imagem, podemos ver uma mulher segurando a carteira de identificação da pessoa com Fibromialgia (CIPFIBRO)
Foto: Divulgação Prefeitura do Rio

O documento será disponibilizado na versão física e digital, podendo ser baixado e impresso diretamente no site. Veja:

 

A Secretaria Municipal de Saúde passou a emitir nesta segunda-feira (22) para pacientes que residem no município do Rio, a Carteira de Identificação de Pessoa com Fibromialgia (CIPFIBRO).

 
 

A CIPFIBRO é destinada a identificar a pessoa diagnosticada com a doença, de modo a facilitar, enquanto pessoa titular de direitos especiais, o atendimento preferencial em órgãos da administração pública direta e indireta, bem como nas instituições de caráter privado. A carteira foi instituída pela Lei nº 7.231/2022 e regulamentada pelo Decreto Rio nº 52.229, de 22 de março deste ano.


Para obter a CIPFIBRO, o paciente ou seu representante legal deve fazer o cadastro no minhasaude.rio, preencher o formulário online, anexar cópias digitais do RG, do comprovante de residência e do laudo específico para fibromialgia (CID 10 M 79), que pode ser emitido por médico das redes pública ou privada e uma foto 3x4 do paciente.


O prazo para análise da documentação é de 15 dias e, se estiver tudo certo, a carteira será disponibilizada no site. A validade é de cinco anos, devendo ser renovada após esse período.


A fibromialgia é uma doença reumatológica que afeta a musculatura causando dor, sendo mais frequente em mulheres. Por ser uma síndrome, pode estar associada também a outros sintomas, como fadiga, alterações do sono, distúrbios intestinais, depressão e ansiedade. Estima-se que a doença atinja cerca de 2% da população mundial.


Fonte: https://prefeitura.rio/


Comments


Conteúdo Publicitário

bottom of page