• Agência Lume

Afinal, você já ouviu falar da Campanha do Janeiro Branco?

Atualizado: 19 de jan. de 2021


 

Por: Danielle Soares


O Janeiro Branco é uma campanha que tem como objetivo chamar a atenção da humanidade para a Saúde Mental e para as questões que estão intimamente ligadas a esse tema, como, por exemplo, as pessoas e instituições humanas.

Essa campanha está em sua 8ª edição e surgiu a partir da ideia de um grupo de psicólogos de Uberlândia (MG) em 2014. Especialmente neste ano, devido a pandemia da COVID-19, a campanha pretende alertar a humanidade sobre os efeitos deste contexto na saúde mental, trazendo consigo o lema de que “todo cuidado conta”.

Porém, por que Janeiro Branco? Janeiro por ser o primeiro mês do ano costuma ser um período que nos convida a refletir sobre o que queremos para o ciclo que se inicia, onde muitos indivíduos estipulam suas metas, os possíveis planejamentos para colocá-las em prática, pensam sobre suas vidas, relações sociais, etc. A partir disso, a campanha faz alusão ao mês de Janeiro como se fosse uma “folha em branco”, trazendo consigo a possibilidade para que as pessoas possam escrever os caminhos que pretendem trilhar ao decorrer do ano.

Sobretudo, a Saúde Mental deve ser priorizada e precisamos falar sobre a sua importância em todos os meses do ano, principalmente, se levarmos em conta o crescente número de pessoas que vem manifestando algum tipo de sofrimento psíquico. Em comparação a última década, encontramos um meio muito mais propício para abrir o diálogo sobre o assunto, mas ainda há muitos tabus a serem quebrados em relação a Saúde Mental. Levando em consideração esse cenário, as campanhas podem empenhar um importante papel de conscientizar e orientar a respeito da temática.

Infelizmente, a Saúde Mental ainda é atrelada como se apenas estivesse relacionada aos transtornos mentais, síndromes, etc. O que muitas vezes surte um efeito negativo nos indivíduos que precisam de auxílio psicológico e que encontram barreiras em seu próprio preconceito no estigma da “loucura”. Todavia, a Saúde Mental possui uma íntima ligação com uma série de aspectos que estão presentes na vida de todos os indivíduos, como, por exemplo, o bem estar físico, mental, emocional e social. Essas questões são primordiais, principalmente se levarmos em consideração o modelo de saúde biopsicossocial.

A partir disso, devemos compreender a importância da propagação da ideia de que a Saúde Mental não pode ser de forma alguma negligenciada, mas colocada como uma das principais áreas que necessita de cuidado na vida das pessoas. O Janeiro Branco possui um relevante papel na busca da conscientização da humanidade, assim como das autoridades governamentais, colocando em discussão a necessidade de empregar políticas públicas voltadas para a promoção da Saúde Mental na sociedade como um todo.


Referências:

https://janeirobranco.com.br/


 

Danielle Soares, 22 anos, graduanda do 7⁰ período do curso de Psicologia na PUC-Rio. Aluna de iniciação científica do grupo de pesquisa em Neuropsicologia Clínica (NeuroPsiClin) e estagiária em neuropsicologia e reabilitação neuropsicológica.





 

Conteúdo Publicitário