• Agência Lume

Moradores de Rio das Pedras reclamam dos horários de coleta de lixo na comunidade


Na foto: funcionários da Comlurb fazem a coleta de lixo na principal avenida da comunidade de Rio das Pedras. Podemos ver o caminhão em meio ao trânsito.
Funcionários da Comlurb fazem a coleta na Avenida Engenheiro Souza Filho. / Foto: Agência Lume.

O serviço estaria acontecendo em horários de pico em importantes vias de acesso, e quem mora no local precisa enfrentar o engarrafamento na ida para o trabalho.

Por: Fernanda Calé e Gabrielle Teles

 

Quem mora em Rio das Pedras, e precisa passar pela avenida Engenheiro Souza Filho, ou pela Estrada de Jacarepaguá para ir trabalhar, tem que sair cedo e ter muita paciência. Moradores relataram a Lume, que chegam a ficar até 30 minutos presos em engarrafamentos dentro da comunidade.

Segundo eles o problema é causado pela coleta de lixo, já que o caminhão não tem aonde encostar, ele acaba ocupando toda a faixa, e todo mundo precisa esperar o fim da coleta de lixo para ir embora.

Messias Ferreira é morador da comunidade e precisa pegar o ônibus na avenida Engenheiro Souza filho, ele conta que se não chegar antes da Comlurb no local, ele chega atrasado:

Todo mundo tem que ficar esperando eles terminarem de fazer coleta, eles fecham a rua na entrada da estação azul, e tem que esperar eles concluírem toda parte de coleta para que o ônibus possa passar, então é complicado. Geralmente isso acontece às 7h20 ou 7h30 da manhã.

Na foto: vemos um caminhão da Comlurb descendo uma ladeira, a foto foi tirada de dentro de um ônibus.
Caminhão da Comlurb na Estrada de Jacarepaguá. / Foto: Moradores

Rhaissa Carolina que também mora em Rio das Pedras, relata uma situação muito parecida, só que dessa vez na Estrada de Jacarepaguá, outra importante via da comunidade:

Sempre saio pra trabalhar faltando uns vinte minutos para às 9 horas, vou pro meu ponto onde era o antigo Castelo das Pedras e fico aguardando o ônibus. Geralmente, só pro ônibus conseguir sair do Rio das Pedras leva em torno de 10 minutos (Devido as paradas para pegar passageiros). Hoje, com a inesperada passagem da coleta de lixo, tive um atraso maior, que foi em torno de 30 minutos, até conseguir sair da comunidade. Que por sua vez, afetou na minha chegada ao trabalho.

Os moradores entendem a necessidade da coleta e como ela é importante pra comunidade.

A Lume Rio das Pedras entrou em contato com a Comlurb para entender como é feita a logística de coleta de lixo na região, por nota, a empresa deu a seguinte informação:


Todo o sistema de coleta domiciliar da Comlurb segue um planejamento operacional baseado em variadas vertentes, como por exemplo horário de trabalho dos garis e sincronismo de roteiros para otimizar os serviços. 

O serviço da Companhia é considerado de utilidade pública, tem essa prerrogativa, principalmente em logradouros onde o fluxo de veículos é muito grande.  

A coleta na Avenida Engenheiro Souza Filho, via principal de Rio das Pedras, é realizada duas vezes ao dia, pela manhã e à noite. Pela complexidade da geografia do local, o trânsito é intenso no local em qualquer hora do dia.  

A Agência Lume vai continuar acompanhando o caso.

Conteúdo Publicitário